Carnaval em preto e branco

27.10.08
Eu sou corintiana, mas também sou gremista, embora não suporte futebol, rodinhas de conversa sobre futebol, bares cuja temática seja futebol, o horário reservado em milhares de canais de TV somente para a transmissão de jogos de futebol ou "mesas redondas" a respeito, camisetas/calças/bonés/jogadores e outros merchans de futebol, enfim. Mas não há algo mais chato do que o fanático por futebol. É um saco aguentar o papo bunda de "E aí, seu time ontem, hein?", e o invariável debate que se segue, com suas respostas e variações tão previsíveis.
Pessoalmente: Digo que sou gremista porque, na minha infância querida, meu pai falou que era um time do Rio Grande do Sul. Rio Grandense que sou, decidi que torceria por ele, mas naquela época ninguém me disse que havia mais de um time local... santa e pueril ignorância. Pelo outro lado eu digo que sou corintiana porque, há muitos anos, decidi que "torço" por esse time em SP mas, na verdade, nunca torci por time nenhum, a não ser na Copa do Mundo, em que hoje em dia eu torço contra o Brasil, porque ninguém merece ver o país parar por causa de futebol. Acho até que eu sou pé quente, pois todas as partidas em que eu, eventualmente, torci pelo Brasil ele ganhou, e quando eu torci contra ele perdeu...
E esse papo, que ouço desde ano passado, de "Eu nunca vou te abandonar", para mim é uma ladainha das mais... putz, como definir? Bobas, isso, um papo bobo, e corintiano fanático que se preze ajoelha e reza, repetindo "Corintians minha vida..." como um mantra. Bem, se ele é feliz com isso ou não, se é isso mesmo que ele ama, problema dele, e que tenha uma boa vida. Que eu, humildemente, acho uma tolice... não nego de jeito nenhum.
Mas por que, então, estou aqui eu teclando sobre um assunto como esse, tendo tanto ódio no coração sobre assunto que geralmente cria muita efervescência?
Porque no último sábado, eu acho, o "Timão" voltou para a primeira divisão depois de amargar um período de trevas na "segundona". E pensei comigo: pronto. Agora ferrou de novo, voltaremos a ter manchetes sobre quebra-quebra entre torcidas, ônibus detonados, encontros sanguinolentos de torcidas "rivais" em terminais de metrô, e a ter medo de andar próximo aos locais onde haverá algum jogo de futebol - quarta-feira à noite e domingo à tarde voltarão a ser momentos semanais de tensão ao circular pela cidade.
Admito que foi o primeiro e único pensamento que permeou minha mente ao receber a tal novidade. Geralmente eu penso que é piada tanta gente considerar assuntos de futebol como se fossem notícia - enfim, tenho que baixar a cabeça porque dá muito dinheiro aos envolvidos dos clubes e das mídias, whatever. Mas para mim, esse retorno corintiano não foi outra coisa, se não uma má notícia.

2 Comentaram. Faltou você?

  1. AH....vai me dizer agora que só a torcida do glorioso (rs) Timão faz bagunça?
    E os quebra-quebra entre a torcida dos bambis e os porquitos?

  2. x Says:

    A verdade está lá fora... ou aqui mesmo. Basta observar...

Bibibi no Bobobó! | Powered by Blogger | Entries (RSS) | Comments (RSS) | Designed by MB Web Design | XML Coded By Cahayabiru.com Distribuído por Templates