CeCuCê

1.7.09


Eu adoro o CQC, programinha da tosca e direitíssima emissora do clã dos Saad. Sempre achei que o Custe o Que Custar, do Tas e seus homens de preto, aborda a política brasileira com a real ironia e acidez que ela merece, bem como as pseudo-celebridades, que merecem sim ser colocadas em seu devido lugar e descer do pedestalzinho ridículo do qual as revistas caras e os amauris júniors da vida sempre insistem em mantê-los.
Embora eu realmente admire os apresentadores-artistas do CQC, e goste bastante do programa, desde que eu vi os "homens de preto" fazendo um quadro denominado "Fala na cara" com o Paulo Maluf, e outras aparições em que o Maluf teve espaço para parecer menos canalha do que de fato é, percebi que a proposta do programa é mais que legal, mas o grande problema é que ele é produzido e transmitido pela rede bandeirantes de televisão. Isso significa que a criatividade e a oportunidade de produzir um programa de qualidade e alfinetar quem merece neste país poderiam, eventualmente, dar lugar a um possível peleguismo barato aos políticos mais cretinos que somos obrigados a aturar por aqui.
Eis que hoje eu li, na folha de são paulo (o self called jornal da família Frias), a seguinte curta:

"Política faz Band censurar "CQC"
A Band tem censurado o "CQC" para fazer média com políticos. Danilo Gentili foi orientado a não ir ao movimento "Fora, Sarney", que acontece hoje, em Brasília e em SP. Por esse motivo, o "CQC" ficou um tempo sem ser ao vivo. A Band acha que eles pegam pesado com os políticos."

Continuando no assunto, mas agora comentando algo que eu pude acompanhar um pouquinho mais de perto. Estive na cidade de Americana, interior de SP, na semana passada. E o comentário geral na cidade era a sacanagem que os políticos de lá fizeram ao "doar" duas ruas para uma empresa. A tal atitude não seria gratuita, não, incautos, a prefeitura/câmara municipal a tomou sob o cumprimento de determinadas condições por parte da dita empresa, como a manutenção/criação de empregos, doação de uma ambulância para um posto de saúde, reforma de uma creche. E, claro, continuar pagando gordos impostos para os colarinhos brancos da cidade... já imaginou eles perderem uma boca dessa?
Anyway, o Rafinha Bastos, do CQC, foi gravar seu quadro "Proteste já!" em Americana, e isso também foi motivo de muitos comentários entre os moradores da cidade, pois seria uma ótima oportunidade de desmascarar a situação e mudar algumas pedras de lugar... bem, ao contrário de muitas iniciativas provocadas pelo excelente quadro desse programa de TV, no caso vergonhoso de Americana, serviu muito bem como anti-propaganda aos toscos políticos que aprovaram a tal doação de ruas para a iniciativa privada, mas apenas isso. Valeu a pena, mas mostrou como a bandeirantes tem segurado a onda de Tas e seus homens de preto. Até para uma ação social altamente qualificada a rede bandeirantes de televisão pensa antes de ficar mal com os políticos e as políticas nacionais...
Bandeirantes... com um nome desse, não daria para pensar que seria diferente.
Tudo isso confirma exatamente o eu previa... é a mídia mostrando seu poder e o que realmente defende, o inverso daquela pataquada de "jornalismo verdade", "compromisso com a informação", e promessas como "responsabilidade, isenção e imparcialidade", iaraiaraiara... mesmo que alguns inseridos na matrix, como a galera do CQC, discordem veementemente e tentam mostrar a que veio. Tentam.
Nada como ter uma chefia boçal, diz aí Tas...

3 Comentaram. Faltou você?

  1. Lela Says:

    demorou né? porque todo jornalista que se preze vive com o rabo entre as pernas mas ataca qualquer tipo de censura como se fosse o fim de sua profissão! e ainda falam da falta de liberdade no irã e na china...

  2. lau2m Says:

    iaraiaraiara... HAHAHAH

    o tas também tem seus momentos boçais, vide aquela história de "PM neles"... vc viu isso?

  3. Denis Says:

    (continuando o primeiro comentário)

    ...e ainda defendem que só quem se forma na faculdade de jornalismo tem direito a exercer a profissão...

Bibibi no Bobobó! | Powered by Blogger | Entries (RSS) | Comments (RSS) | Designed by MB Web Design | XML Coded By Cahayabiru.com Distribuído por Templates